O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

História

Anos 70: Década de Lutas para Manter as Conquistas
 
Entre as conquistas da categoria, na década de 70 foram fundados os conselhos regionais de Corretores de Imóveis em mais três regiões. No dia 16 de fevereiro de 1973 foi criado o Creci 11ª Região/Santa Catarina. Em 16 novembro o Creci 12ª Região/Pará, que mais tarde foi re-ratificado em 22 de janeiro de 1979 e instalado em 24 de janeiro de 1979. E em 5 de outubro foi criado o Creci 13ª Região/Espírito Santo.
 
O Sindicato de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo, por sua vez, foi presidido pelo empresário Gilberto Nascimento, entre 1971 e 1974. A sede, situada na rua Coronel Xavier de Toledo tinha setecentos metros quadrados e havia sido totalmente reformado. Mais de dezoito funcionários trabalhavam no atendimento aos Corretores.
 
A diretoria criou um departamento específico para a fiscalização dos anúncios de jornal. Os cursos de preparação, em convênio com o Senac, eram programados com datas prefixadas em número de quatro por ano. Também foi criado um curso por correspondência para os Corretores de Imóveis do interior do estado. O sindicato realizava exames de seleção todos os meses, independentemente dos cursos. O candidato poderia comprar as apostilas e se preparar em casa. No período de 1971 a 1974, 2437 candidatos prestaram exame, sendo aprovados 2085.

 Outra novidade foi a criação de cursos de especialização, com o objetivo de elevar o nível de conhecimentos gerais e específicos dos associados. Com o patrocínio do CENPHA, foram realizados dez cursos sobre o Sistema Financeiro Habitacional. Por intermédio da contratação dos serviços do IPROV, comandado pelo professor Cícero Moura Mendonça, foram promovidos dezessete de seminários e cursos sobre gerência de marketing, psicologia e técnica de vendas, oratória, testes vocacionais e chefia de vendas. Além de São Paulo, esses cursos também foram ministrados em Santo André e em Campinas. Foram emitidos mais de novecentos certificados de conclusão aos associados.
 
Além dos cursos, foram formadas comissões de estudo, onde os profissionais mais experientes trocavam idéias com outros companheiros da mesma atividade, para que em conjunto estudassem soluções para os problemas existentes em sua área, sempre com a assessoria dos advogados do sindicato. Essas idéias se transformavam em reivindicações ou mesmo em teses, defendidas nos congressos nacionais de Corretores de Imóveis, ou na Federação do Comércio, na Câmara Municipal, Assembléia Legislativa ou Câmara Federal. Entre as comissões criadas, destacavam-se a de Imóveis Comerciais e Industriais, a de Áreas e Loteamentos, a de Administradores, a Habitacional e a de Teses.

Para sustentar o crescimento da categoria, o Creci/SP inaugurou agências em Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires, Campinas e na Baixada Santista. Os associados também tinham acesso a convênios com jornais, no tocante à publicidade; com o Senac, quanto à formação; e também com a Unimed, para assistência médico-hospitalar e dentária.
Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Minas Gerais - Rua dos Carijós, 244 - 10º andar - Centro - CEP 30120-060 Belo Horizonte - Minas Gerais - Telefone: (31) 3271-6044